Alta na conta de luz e maior adesão ao home-office impulsiona a procura por energia solar

Fonte: https://www1.folha.uol.com.br/mercado/2021/09/energia-solar-em-casa-ganha-impulso-com-alta-na-conta-de-luz-e-home-office.shtml

Energia solar em casa ganha impulso com alta na conta de luz e home office

Consumidores e empresas instalaram 264 mil sistemas de geração distribuída em um ano

O mercado de painéis solares para geração de energia por consumidores segue em expansão, impulsionado pelo aumento na conta de luz, preocupações com a crise hídrica e maior disseminação do home office.

De acordo com dados da Absolar (Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica), de janeiro a agosto de 2021 foram instalados 180 mil sistemas para geração distribuída de energia solar, 41% a mais do que no mesmo período do ano anterior.

Com isso, o Brasil passou a contar com 576 mil instalações para abastecer casas, empresas e fazendas. Esses sistemas atendem a 700 mil unidades consumidoras —um conjunto de painéis pode gerar créditos para mais de um endereço.

Segundo Jean Tremura, diretor da Go Solar, empresa da Golden Distribuidora especializada no mercado de energia solar, o faturamento de agosto ficou 20% acima do esperado, como resultado de uma maior demanda provocada pela crise hídrica.

“O consumidor ouve sobre isso na mídia, sente o impacto na conta e procura uma solução”, afirma Tremura.

O executivo diz que o crescimento acontece em meio a desafios da pandemia e da economia brasileira.

Ele afirma que a empresa busca antecipar compras e gerenciar o estoque com atenção para lidar com a alta volatilidade do dólar, o encarecimento do frete marítimo e a dificuldade para conseguir trazer os componentes em meio a uma corrida global pela ampliação da geração fotovoltaica.

Camila Nascimento, diretora da distribuidora Win Energias Renováveis, do Grupo All Nations, diz que, após uma queda no mercado em março e abril do ano passado provocada pela pandemia, o setor voltou a acelerar e segue em expansão.

O primeiro impulso, antes mesmo da alta no custo da energia, veio de consumidores que passaram a ficar mais tempo em casa, aumentando os gastos com energia, diz Nascimento.

É o caso do arquiteto de sistemas Diego Moreira, 32. Ele possui um conjunto de seis placas solares em sua casa há um ano e pretende ampliar o sistema em breve.

Segundo Moreira, a decisão pelo investimento levou em conta a possibilidade de adotar uma tecnologia sustentável e o potencial de retorno financeiro. “Como já tive economia, aumentei o consumo, comprei um aparelho de ar-condicionado, por isso devo colocar mais uma placa”, afirma.

Após ser demitida durante a pandemia da empresa onde trabalhava há 15 anos com análises ambientais, a química Luciane Kutinskas, 46, decidiu investir no setor de energia solar tanto para empreender como também para reduzir a conta de luz.

Kutinskas se tornou franqueada da marca Energy Brasil, também de instalações de painéis solares, e, em maio, comprou um conjunto de oito painéis para a casa de seus pais.

O sistema permitiu reduzir a conta de luz na casa dos pais de R$ 230 para cerca de R$ 30 ao mês. Além disso, ele gera créditos que são usados para diminuir a conta de luz da empresária, que era de R$ 150 e também caiu para R$ 30.

O pagamento foi feito a partir de financiamento em 72 parcelas de R$ 480. “Optei por um prazo um pouco menor do que o possível para terminar de pagar antes e ter mais retorno do investimento”, afirma.

A empresária diz que, apesar de o mercado já estar em alta há mais tempo, houve aumento expressivo na demanda pelas instalações nos últimos dois meses, conforme as altas na tarifas se intensificaram.

Nelson Colaferro, sócio da franquia Blue Sol Energia Solar, diz que o momento é muito especial para o setor. A empresa prevê terminar o ano com 3.000 novas instalações, o dobro das realizadas em 2020.

Além da maior procura pelos painéis por consumidores buscando se proteger das altas na conta de luz, o mercado também cresce com o avanço de projeto de lei que cria um marco regulatório para a geração distribuída, aprovado na Câmara em agosto.

Pelo texto, que ainda precisa passar pelo Senado, têm acesso às regras atuais de benefício até 2045 os consumidores que já possuem sistemas fotovoltaicos ou que fizerem, em até 12 meses após a sanção da lei, uma solicitação à distribuidora para poder participar do Sistema de Compensação de Energia Elétrica, que permite injetar na rede a energia produzida e não utilizada na hora em troca de créditos para abater da conta de luz.

“A aprovação trouxe segurança jurídica para quem está investindo agora e dá um tempo para quem está se decidindo”, afirma.

Oportunidades para a energia solar

O reconhecimento é a energia que nos motiva!

Na edição de 09 de outubro de 2021 do jornal O Povo, o nosso diretor-presidente, Jonas Becker, o qual também é coordenador estadual, no Ceará, da Absolar, explicou sobre o crescente interesse pela energia solar no Brasil.

Para conferir o artigo completo acesse “mais.opovo.com.br” e leia o caderno de artigos, ou clique no nosso link na Bio e confira!

Venha fazer parte dessa revolução energética!

#EcoNaMídia #energiasolar #painelsolar #placasolar #sol #solforte #paybackgarantido #diadosol #ecoenergia

O Brasil está na lista dos 15 países com maior capacidade de geração solar.

A marca histórica de 10 gigawatts (GW) só foi alcançada até hoje por pouco mais de 10 países

Geração de Energia Solar cresce no país e coloca o Brasil no TOP 15 mundial

Subindo duas posições em comparação ao último ano, o Brasil ocupa o 14º lugar na lista dos países com maior capacidade de geração solar em usinas de grande porte e em pequenos e médios sistemas instalados em telhados, fachadas e terrenos. Essa é uma notícia positiva, uma vez que a energia solar é uma energia limpa, sem o impacto ambiental causado por hidrelétricas e com grande potencial de crescimento no país.

Por mais que o consumo de energia fotovoltaica ainda seja baixo nacionalmente, seu incentivo pode garantir segurança energética nos próximos anos. O Brasil foi o único país da América Latina entre os 15 primeiros colocados no ranking mundial, com 10GW alcançados, o que equivale a mais de 70% da potência da usina hidrelétrica de Itaipu, segunda maior do mundo e maior da América Latina.

Confira o ranking:

Ranking mundial de energia solar — Foto: Fonte: IRENA, 2021. Renewable Energy Statistics 2021

Ranking mundial de energia solar — Foto: Fonte: IRENA, 2021. Renewable Energy Statistics 2021

Sustentabilidade & Economia

No momento em que o Brasil passa por uma das maiores crises hídricas da história, apresentando baixos níveis nos reservatórios de água, que ocasionou em aumento considerável na conta de energia da população, investir em alternativas mais baratas e acessíveis tem sido a escolha de muitos empresários e consumidores. Dentre as opções disponíveis no mercado, a favorita é a energia solar, por ser mais econômica a longo prazo, além de sustentável.

Telhados solares são um segmento de mercado em forte crescimento no Brasil. A quantidade de instalações de painéis subiu 70% no último ano, tal ritmo pode ser atribuído à queda de quase 90% no preço dos equipamentos durante o mesmo período. A expectativa do mercado é que os investimentos em energia fotovoltaica continuem em alta.

Energia limpa é melhor para o meio ambiente, e ainda significa economia financeira. Além de praticidade: basta um dia de instalação para transformar uma residência ou empresa em uma pequena usina geradora de energia limpa, renovável e sustentável. A instalação de painéis fotovoltaicos proporciona redução de até 95% na conta de energia elétrica.

De acordo com a Absolar (Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica), a fonte de energia já trouxe ao Brasil mais de R$ 52,7 bilhões em novos investimentos e gerou mais de 300 mil empregos acumulados desde 2012. Com isso, evitou a emissão de 10,7 milhões de toneladas de CO2 na geração de eletricidade. Reforçando assim o papel estratégico dessa tecnologia no nosso suprimento de eletricidade, fundamental para a retomada do crescimento econômico nacional.

Onde encontrar

Referência no setor e líder de mercado na região, a Topsun Energia Solar é uma empresa catarinense que atua em projetos de pequeno e grande porte, além de oferecer assistência e garantia de qualidade na tecnologia. No site da empresa é possível entrar em contato para pedir um orçamento ou tirar dúvidas sobre o funcionamento das placas solares, valores e tempo de uso do equipamento ou até mesmo calcular o seu projeto de energia solar, e assim economizar com energia respeitando o meio ambiente.

 

Agronegócio adere a energia solar para combater o aumento na conta de luz

A Eco Energia estará no PROENERGIA 2021

Nos dias 06, 07 e 08 de outubro, ocorrerá o Proenergia 2021 e a Eco Energia já é presença garantida no evento!

Trata-se de uma iniciativa que pretende incentivar e ampliar o debate sobre os desafios da geração de energia solar, além de favorecer o surgimento de oportunidades de negócios para as empresas do setor.

Para respeitar as medidas de segurança, o Proenergia 2021 acontecerá de forma totalmente digital!

Conheça tudo sobre o evento pelo link: https://app.virtualieventos.com.br/proenergia2021

#energiasolar #painelsolar #placasolar #sol #solforte #paybackgarantido #diadosol #ecoenergia